Também conhecida como aipim ou macaxeira, a mandioca na culinária é um ingrediente versátil e amplamente utilizado em várias regiões do mundo. Ela oferece uma infinidade de possibilidades que certamente irão surpreendê-lo.

 

Com sua raiz amilácea e sabor característico, a mandioca tem conquistado cada vez mais espaço nas cozinhas ao redor do mundo, tanto em preparações salgadas quanto doces.

Mandioca na culinária

Por Belinda Debague – Vale do Sabor
16/08/2023 às 17h15

Neste artigo, vamos explorar essa versatilidade e apresentar receitas irresistíveis que vão transformar sua visão sobre esse ingrediente tão especial. Prepare-se para descobrir sabores surpreendentes e se encantar com a mandioca de uma forma totalmente nova!

Como Começou a ser Utilizada a Mandioca na Culinária?

Originária da América do Sul, a mandioca é uma raiz que desempenha um papel importante na culinária brasileira. Com suas diferentes variedades, como a mandioca mansa e a brava, essa raiz foi domesticada pelos povos indígenas da região amazônica.

 

Os indígenas desenvolveram técnicas de cultivo e processamento para aproveitar ao máximo essa raiz versátil. Eles descobriram que a mandioca brava, apesar de tóxica em sua forma natural, poderia ser tornada segura para consumo através de técnicas de cozimento, como o processo de descasque, ralagem e prensagem para extrair seu suco com alto teor de ácido cianídrico.

 

Com a chegada dos colonizadores europeus, a mandioca foi introduzida em outros continentes, como a África e a Ásia, onde também se tornou um alimento importante em muitas culturas. Essa expansão contribuiu para a diversidade de preparações culinárias que envolvem essa raiz.

Benefícios da Mandioca para a Saúde

A mandioca, além de ser um alimento versátil e saboroso, oferece uma série de benefícios para a saúde. De acordo com um estudo publicado no International Journal of Food Science and Technology, uma das propriedades notáveis da mandioca é o seu alto teor de amido resistente, um tipo de amido que não é completamente digerido pelo organismo e possui propriedades semelhantes às da fibra solúvel.

 

O amido resistente serve como alimento para as bactérias benéficas presentes no intestino, promovendo um ambiente saudável e contribuindo para a redução da inflamação. Além disso, o amido resistente também pode melhorar a saúde metabólica, auxiliando na regulação dos níveis de açúcar no sangue, aumentando a sensação de saciedade e reduzindo o apetite. Esses fatores estão relacionados à diminuição do risco de obesidade e diabetes tipo 2.

 

Segundo a base de dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a mandioca também é uma boa fonte de vitamina C. Cada porção de 100 gramas de mandioca contém cerca de 20% do valor diário recomendado dessa vitamina. A vitamina C desempenha um papel essencial em vários aspectos da saúde, incluindo o fortalecimento do sistema imunológico e a proteção contra o estresse oxidativo. Ela também é importante para a saúde da pele e estimula a produção de colágeno, uma proteína essencial para a estrutura e integridade dos tecidos corporais, como ossos, pele, músculos e articulações.

Versatilidade da Mandioca na Culinária com Presença no Preparo de Receitas Doces e Salgadas

A mandioca é um verdadeiro curinga na cozinha. Sua polpa suculenta e saborosa oferece uma base neutra, permitindo que seja combinada com uma infinidade de ingredientes, resultando em pratos que agradam a todos os paladares.

No que diz respeito às preparações salgadas, a mandioca mostra sua versatilidade em pratos tradicionais e inovadores. Um exemplo clássico é a famosa mandioca frita, em que a raiz é cortada em palitos ou pedaços e frita até ficar crocante por fora e macia por dentro. Além disso, a mandioca pode ser utilizada no preparo de purês cremosos, bolinhos saborosos, sopas reconfortantes e até mesmo como ingrediente principal em tortas e quiches.

 

Além de sua presença marcante em pratos salgados e acompanhamentos, a mandioca também é uma estrela nas receitas doces, acrescentando uma textura suave e única aos pratos. Sua versatilidade permite que seja utilizada de diferentes maneiras na culinária doce, proporcionando resultados surpreendentes.

 

Uma das formas mais comuns de aproveitar a mandioca em receitas doces é através do seu purê. Ao cozinhar e amassar a mandioca, obtemos uma consistência cremosa que pode ser usada como base para bolos, pudins, tortas e até mesmo sorvetes. O purê de mandioca adiciona uma umidade delicada às preparações, garantindo textura e sabor únicos.

 

Além disso, a mandioca pode ser transformada em deliciosas cocadas, doces cristalizados, compotas e até mesmo em recheios para bolos e tortas. Sua textura e sabor se adaptam harmoniosamente aos ingredientes doces, resultando em sobremesas irresistíveis e cheias de personalidade.

Melhores Receitas com Mandioca

Começando pelos pratos doces, temos o famoso bolo de mandioca, que combina a textura macia da raiz ralada com uma doçura suave. Além disso, o pudim de mandioca é uma sobremesa cremosa e reconfortante. Você também pode experimentar o curau de mandioca, um doce tradicionalmente feito de milho, mas que pode ser feito com a raiz e cozida e processada.

Bolo de Tapioca que é um derivado da mandioca

Entre as receitas feitas com derivados da mandioca, temos o bolo de tapioca granulada assado, também conhecido como bolo de caroço no Nordeste. Esse bolo é delicioso, fácil de fazer e fica fofinho, confira a receita, você vai gostar do resultado.

No quesito salgados, a mandioca brilha em preparações como a coxinha de mandioca, que substitui a massa de batata pela mandioca cozida, resultando em uma coxinha crocante e saborosa. Outra opção é o escondidinho de mandioca, que combina a raiz amassada com carne moída ou frango desfiado, resultando em um prato especial e cheio de sabor.

A mandioca também pode ser utilizada como acompanhamento em diversas preparações. Frita é uma opção clássica, em que a mandioca é cortada em palitos e frita até ficar crocante por fora e macia por dentro. E para quem busca opções mais leves, a mandioca pode ser transformada em deliciosos chips assados, oferecendo uma alternativa saudável e crocante para petiscar.

Mandioca como Base de Receitas Veganas

A mandioca tem sido amplamente utilizada como base para receitas veganas devido à sua versatilidade e propriedades culinárias. Sua textura amilácea e sabor neutro permitem que seja transformada em ingredientes e preparações que atendem às necessidades de uma dieta baseada em plantas.

 

Uma forma comum de usar a mandioca na culinária de receitas veganas é substituir o leite de origem animal pelo leite vegetal de mandioca. Esse leite pode ser facilmente feito em casa, batendo a mandioca cozida com água e coando para obter um líquido cremoso e livre de laticínios. Esse leite vegetal pode ser utilizado em receitas doces, como smoothies, sobremesas e até mesmo em receitas salgadas, como molhos e cremes.

 

Receitas veganas como pão de queijo de mandioca, brigadeiro vegano de mandioca e bobó de mandioca com cogumelos são apenas algumas das muitas opções deliciosas que utilizam a mandioca como base. Essas receitas demonstram como a mandioca pode ser transformada em pratos saborosos e nutritivos, proporcionando alternativas veganas para aqueles que desejam explorar uma alimentação baseada em plantas.

  • Receitas de Pão de Queijo
  • Bolos
  • Receitas com Aveia
  • Receitas com Mandioca
  • Receitas com Polvilho
  • Receitas com Tapioca Granulada
  • Receitas sem Glúten
  • Sanduíches de Pão de Queijo
  • Tortas

Dicas para o Preparo

A mandioca possui uma fibra central dura e lenhosa, que deve ser removida antes do preparo. Corte a mandioca em pedaços e, em cada pedaço, faça um corte em “V” para remover a fibra central. Certifique-se de retirá-la completamente, pois ela pode comprometer a textura dos pratos.

 

Ela pode ser cozida de diversas maneiras, como fervendo, cozinhando a vapor ou assando. Para cozinhar no fogão, corte a mandioca em pedaços menores e cozinhe em água fervente até que fiquem macios. Para um cozimento mais rápido, utilize uma panela de pressão. Se preferir, você também pode assar a mandioca no forno para obter uma textura mais firme e saborosa.

 

A raiz pode ser cortada de diferentes formas, dependendo da receita. Você pode cortá-la em cubos para sopas e ensopados, em palitos para frituras, em rodelas para assar ou em fatias finas para chips crocantes. Adapte o corte de acordo com a textura desejada na preparação.

 

As folhas de mandioca¹  podem  cozidas e consumidas de maneira semelhante aos espinafres ou couve. Antes de prepará-las, certifique-se de remover os talos mais grossos e lavar bem as folhas. Em seguida, você pode refogá-las com temperos e ingredientes de sua preferência, como alho, cebola e azeite de oliva. As folhas de mandioca também podem ser adicionadas a sopas, ensopados e até mesmo em recheios de tortas e salgados.

 

Por fim, importante ressaltar que mesmo tratando-se da mandioca mansa, também conhecida como mandioca de mesa, o seu consumo in natura não é recomendado devido à presença de ácido cianídrico¹. As folhas também não devem ser consumidas sem cozimento. Embora o teor dessa substância seja consideravelmente menor em comparação à mandioca brava, utilizada para fins industriais.

Explore o Potencial da Mandioca na Culinária Brasileira

Palitos de Mandioca 1

A mandioca na culinária é um ingrediente altamente versátil e delicioso que pode ser apreciado em uma ampla variedade de pratos doces e salgados. Com suas raízes amiláceas e sabor marcante, a mandioca conquistou seu espaço nas cozinhas ao redor do mundo. Além de seu sabor único, a mandioca oferece benefícios para a saúde, como seu alto teor de amido resistente e vitamina C.

Seja em forma de purê, farinha, tapioca ou em sua forma original, a mandioca adiciona uma textura suave e uma personalidade única às preparações culinárias.

Explore novos sabores e experimente as diversas receitas irresistíveis que a mandioca tem a oferecer, não deixe de conferir a receita de palitos de mandioca, aprecie esse petisco brasileiro delicioso.

Referências

1. Trombini, F. R. M., & Leonel, M. (2014).
Composição Físico-Química e Propriedades Tecnológicas da Farinha de Folhas de Mandioca. Energia na Agricultura, 29(1), 76–81.

 ˇ Ver artigo

https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2014v29n1p76-81

Posts Similares

Deixe um comentário